Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Secretaria da Agricultura realiza workshop sobre pragas florestais

Publicação:

workshop
Card sobre foto de Fernando Dias/SEAPDR
Por Darlene Silveira

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), por meio dos departamentos de Defesa Vegetal (DDV) e de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária (DDPA), realiza, dia 1º de dezembro, às 14h, o 1º Workshop Gaúcho sobre Pragas Florestais. O evento, que tem o apoio da Associação Gaúcha de Empresas Florestais (Ageflor), é gratuito e on-line e será transmitido pelo Youtube da SEAPDR (youtube.com/AgriculturaGOVRS). 

O objetivo é atualizar, através de apresentações técnicas e discussões, métodos de manejo integrado de pragas florestais no Rio Grande do Sul. O público-alvo é formado por profissionais do setor florestal, produtores florestais, professores e pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação e consultores florestais.

Palestras

O diretor do Departamento de Defesa Vegetal, Ricardo Felicetti, falará sobre “Atuação da Defesa Sanitária Vegetal nas pragas florestais no estado do Rio Grande do Sul”; o pesquisador da CMPC Celulose Riograndense, Norton Borges Júnior, abordará “Situação atual e manejo das pragas na cultura do eucalipto”; o supervisor de Silvicultura e Pesquisa Florestal da Tanagro, Jeferson de Oliveira, apresentará “Situação atual e manejo de pragas na cultura da acácia-negra”; o gestor florestal da Madem, Daniel Chies, e a pesquisadora da Embrapa Florestas, Susete Penteado, falarão sobre “Situação atual e manejo de pragas na cultura do pinus”; e o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, Ilvandro Barreto, apresentará “Situação atual e manejo de pragas na cultura da erva-mate”.

Após as palestras haverá uma mesa redonda com mediação do engenheiro florestal da SEAPDR, Jackson Brilhante. "Esse é um importante evento para o setor florestal gaúcho. Nos últimos anos, as pragas florestais têm impactado negativamente na produtividade do produtor florestal. Esperamos que a realização do evento possibilite não só o aumento do conhecimento para os profissionais e produtores florestais, mas também seja uma oportunidade para discutir ações futuras de defesa vegetal e de pesquisa", destaca Brilhante.

Notícias

Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural