Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Dois consórcios gaúchos recebem título de adesão ao Sisbi-POA

Cerimônia de entrega ocorreu no Mato Grosso do Sul

Publicação:

Cerimônia de entrega dos títulos de adesão ao Sisbi-POA
Cerimônia de entrega dos títulos de adesão ao Sisbi-POA - Foto: Guilherme Martimon /MAPA
Por Maria Alice Lussani

Oito consórcios públicos municipais de todo o país, incluindo dois do Rio Grande do Sul, receberam hoje (26) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) o título de adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA). A entrega ocorreu na cidade de Iguatemi, no Mato Grosso do Sul, e faz parte de um projeto piloto do Ministério chamado Consim.

Os consórcios intermunicipais gaúchos que receberam o título são o do Vale do Jacuí e o de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (CISGA) englobando  26 municípios. A ministra Tereza Cristina destacou que a adesão ao Sisbi possibilitará a inclusão da pequena agricultura, que muitas vezes não consegue ter acesso a esses sistemas.

“Essa é uma pequena amostra do muito que pode ser feito neste setor. Temos oportunidades para esses produtos artesanais no mundo todo, mas é preciso ter qualidade e o selo de inspeção para mostrar que o produto foi inspecionado e é um produto de qualidade para todo o consumidor, tanto o interno quanto o externo”, disse a ministra. 

"É um grande passo para a agricultura gaúcha, pois proporciona um maior avanço na comercialização dos nossos produtos pelo país, abrindo novos mercados e agregando valor ao produto", afirma a secretária Silvana Covatti.

Com a adesão ao Sisbi-POA, os produtos registrados pelos Serviços de Inspeção Municipal (SIM), vinculados a estes consórcios, podem ser comercializados em todo território nacional.

Consórcio CISGA, de Garibaldi, na cerimônia de entrega dos títulos de adesão
Consórcio CISGA, de Garibaldi, na cerimônia de entrega dos títulos de adesão - Foto: Guilherme Martimon /MAPA

“Os produtores estão muito felizes com esta possibilidade de ganhar o mercado nacional, melhorando a renda e ofertando produtos de qualidade para os consumidores”, destaca o médico veterinário Cristiano Selbach, coordenador do Serviço de Inspeção do CISGA e do SIM de Bento Gonçalves. 

O CISGA, com sede em Garibaldi,  conta atualmente com 14 municípios. Destes, os municípios de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Guaporé e São Marcos tem seis estabelecimentos registrados no Sisbi-POA nos setores de carnes, abate, pescados, ovos, leite e mel.

“Para o CISGA, a conquista do Sisbi-POA é reflexo de um trabalho que vem sendo realizado desde 2015. E é um ponto importante para o fortalecimento da economia local, formada por micro e pequenos empreendedores, e que vai potencializar muito o desenvolvimento dos municípios consorciados”, destaca Rudimar Caberlon, Diretor Executivo do CISGA.

O Consórcio Intermunicipal do Vale do Jacuí (CV-Jacuí), com sede em Sobradinho, tem 12 municípios participantes com dois estabelecimentos registrados no setor de carnes e derivados e ovos e derivados, dos municípios de Caçapava do Sul e Sobradinho.

Consórcio do Vale do Jacuí, com sede em Sobradinho, na cerimônia de entrega do título do Sisbi-POA
Consórcio do Vale do Jacuí, com sede em Sobradinho, na cerimônia de entrega do título do Sisbi-POA - Foto: Consórcio CI/JACUÍ

“Com a autorização de comercializar produtos de origem animal sem restrição para todo o país, as agroindústrias irão aumentar suas plantas de produção, aumentar suas produções de produtos de origem animal, ofertar mais postos de trabalhos e consequentemente obter mais renda. Tudo isso produzindo alimentos com sanidade e qualidade”, destaca o médico veterinário Simeão da Silveira Filho, coordenador do Serviço de Inspeção do Consórcio Intermunicipal do Vale do Jacuí e do SIM de Sobradinho.

CONSIM

O Consim foi um projeto-piloto desenvolvido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para intensificar e abreviar a equivalência ao Sisbi-POA dos consórcios públicos municipais. Dos 55 inscritos, 40 foram selecionados para entrevistas e 12 foram selecionados para receber apoio financeiro e orientação direta da equipe do Mapa e do SIE/RS da SEAPDR, no caso do Rio Grande do Sul, para melhorem seus processos. Foram realizadas oficinas de orientação e capacitação.

“Nós estamos muito felizes com a indicação destes dois consórcios para o Sisbi-POA e temos certeza de que isso vai dar uma valorização muito grande para os produtos destas regiões. E também vai servir de fomento e estímulo para que outros consórcios se animem a buscar esta adesão ao Sisbi. Todos podem ter equivalência ao Sistema de Inspeção Federal (SIF), desde que cumpram os pré-requisitos determinados”, afirma Diego Facin, coordenador do Sisbi-POA na Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA) da SEAPDR.

Notícias

Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural