Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Monitora Ferrugem RS

Com a finalidade de auxiliar os produtores no manejo da Ferrugem Asiática da Soja (FAS) no Rio Grande do Sul, na safra agrícola 2019/20 a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural e a Emater/RS-Ascar, em colaboração com laboratórios privados, instituições de ensino e pesquisa do Estado, iniciaram um projeto piloto para o monitoramento de esporos de ferrugem asiática da soja nas regiões produtoras.

Na safra agrícola 2020/2021, esta ferramenta se aprimorou com a inclusão de informações relativas às condições meteorológicas (precipitação pluvial, temperatura e molhamento foliar), dando início ao Programa de Monitoramento da Ferrugem Asiática da Soja no RS – Programa Monitora Ferrugem RS.

Confira o site:

https://www.emater.tche.br/site/monitora-ferrugem-rs/home

Objetivo do programa

Desenvolver uma ferramenta de suporte ao manejo da ferrugem asiática da soja nas regiões produtoras no estado do Rio Grande do Sul.

Objetivos específicos

  • Auxiliar na tomada de decisão do momento inicial da aplicação preventiva de fungicidas para o controle da FAS;
  • Contribuir para a diminuição do uso de fungicidas, dano ambiental e custo econômico das lavouras de soja;
  • Integrar as informações obtidas no monitoramento de esporos de Phakopsora pachyrhizi com o Sistema de Modelagem Numérica de Tempo e de Clima Regional (Simagro-RS), da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural para o desenvolvimento de políticas para o setor agropecuário;
  • Acompanhar o comportamento das variedades de soja plantadas no RS para identificação de eventuais “quebras” de resistência;
  • Subsidiar a pesquisa agropecuária sobre o manejo da doença.

Metodologia

O Programa Monitora Ferrugem RS tem como estratégia metodológica a detecção da presença de esporos associada às condições meteorológicas, para gerar mapas indicativos de predisposição da ocorrência da FAS e auxiliar técnicos e produtores, na tomada de decisão e adoção de medidas de manejo da doença.

Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural